Sam Yeh / AFP
Sam Yeh / AFP

Inteligência do Reino Unido diz que Rússia tem como alvo áreas povoadas na Ucrânia

"A Rússia já usou táticas semelhantes na Chechênia em 1999 e na Síria em 2016, empregando munições aéreas e terrestres", disse o exército britânico

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2022 | 04h10

A inteligência militar britânica disse neste domingo, 6, que as forças russas estavam atacando áreas povoadas na Ucrânia, mas que a força da resistência estava retardando o avanço russo.

"A escala e a força da resistência ucraniana continuam a surpreender a Rússia", disse a inteligência militar britânica em uma atualização. A Rússia "respondeu visando áreas povoadas em vários locais, incluindo Kharkiv, Chernihiv e Mariupol".

"A Rússia já usou táticas semelhantes na Chechênia em 1999 e na Síria em 2016, empregando munições aéreas e terrestres", disse a inteligência militar britânica.

A Rússia negou repetidamente que esteja atacando áreas civis. / Com informações da Reuters.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.