Inteligência dos EUA acredita que Saddam pode estar morto ou ferido

Agentes da inteligência americana acreditam que o líder iraquiano, Saddam Hussein, e possivelmente dois de seus filhos estavam dentro de um complexo residencial nos subúrbios de Bagdá quando o lugar foi atingido por mísseis e bombas e que assistência médica foi requisitada depois.Os funcionários, que só falaram na condição de anonimato, disseram que as agências de informaçãoainda não determinaram se Saddam ou seus filhos foram feridos ou mortos nos ataques e estão analisando cuidadosamente os vídeos que mostraram o líder iraquiano depois do ataque.Os agentes disseram que não há evidências de que Saddam, ou qualquer outra pessoa, esteja no comando da segurança do Iraque ou das operações militares após o ataque desta quarta-feira à noite. Os agentes dizem que não há ainda uma palavra definitiva sobre se Saddam foi pego no ataque da madrugada, ou se está vivo ou morto.?Temos razões para crer que ele estava lá (na casa)?, disse um dos funcionários. ?Não está claro ainda para quem a assistência médica foi chamada.?O ataque, que envolveu mísseis Tomahawk de cruzeiro e bombas lançadas de aviões invisíveis para o radar, tinha como objetivo um complexo residencial onde a inteligência dos EUA acredita que Saddam e provavelmente seus filhos estavam dormindo.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.