Interceptado navio norte-coreano que transportava mísseis

Um navio da Coréia do Norte que levava escondidos pelo menos 12 mísseis similares ao Scud, aparentemente para o Iêmen, foi interceptado no Mar Arábico, informaram nesta terça-feira autoridades dos Estados Unidos. A embarcação foi parada segunda-feira por autoridades da Espanha no Mar Arábico, a cerca de 950 quilômetros do Chifre da África. Um funcionário norte-americano disse que o navio já vinha sendo monitorado de perto pela espionagem norte-americana havia semanas.Segundo informações da TV CNN, após a interceptação por um barco de patrulha espanhol, a embarcação norte-coreana foi abordada por especialistas militares dos EUA. Funcionários norte-americanos disseram que os mísseis, encontrados sob uma parede de concreto, têm de curto a médio alcance e são similares aos usados pelo Iraque durante a Guerra do Golfo, em 1991. Também foram encontradas partes de mísseis.O Iêmen é apontado pelos Estados Unidos como um país que abriga terroristas, embora o governo iemenita seja um aliado de Washington na guerra ao terrorismo. O porto iemenita de Áden foi o local do atentado de outubro de 2000 contra o destróier norte-americano Cole, que deixou 17 mortos. Já a Coréia do Norte é citada pelo presidente norte-americano, George W. Bush, como componente de um "eixo do mal", que incluiria ainda o Iraque e o Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.