Internautas chineses chegam a 384 milhões

Entretanto, índice de penetração da internet é baixo, com apenas 30% da população

Efe,

16 de janeiro de 2010 | 06h09

A China tem 384 milhões de internautas depois que durante o ano de 2009 outros 86 milhões de pessoas se conectaram à rede, o que representa um aumento de 28,9%, informa neste sábado, 16, o jornal oficial China Daily.

 

O Centro de Informação da internet na China publicou os dados oficiais do balanço do ano nos quais se destacam o aumento da conexão à internet através de telefonia celular.

 

Assim, cerca de 233 milhões de pessoas já se conectam à rede através de seus terminais celulares graças à expansão do negócio da telefonia celular de terceira geração (3G).

 

O número praticamente dobrou em relação a 2008, quando eram só 120 milhões de pessoas as que usavam o celular para ter acesso à rede.

 

O organismo chinês também quis insistir na penetração da internet nas áreas rurais do país, de onde em 2009 se conectaram mais de 106 milhões de pessoas, 26% mais que no ano anterior.

 

A China é o país com maior número de internautas do mundo e amplia ainda mais a distância em relação aos Estados Unidos, segundo classificado com 227 milhões de usuários.

 

No entanto, o índice de penetração da internet é baixo na China, de apenas 30% da população total do país, que se situa acima dos 1,3 bilhão de habitantes.

 

O aumento de internautas em todo o país também teve um impacto notável no comércio pela internet no gigante asiático, cujo faturamento atingiu 250 bilhões de iuanes (US$ 36,6 bilhões).

 

Tudo o que sabemos sobre:
InternetinternautasChinausuários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.