Internet na Síria não funciona pelo segundo dia seguido

A interrupção dos serviços de internet na Síria continuou pelo segundo dia seguido nesta quarta-feira, de acordo com a agência de notícias estatal SANA, que culpou a falta de fibras ópticas pelo problema.

AE, Agência Estado

08 de maio de 2013 | 08h42

Os serviços de telefonia fixa entre as províncias sírias também deixaram de funcionar na terça-feira e ainda não foram retomados hoje, disse a SANA.

Empresas de tecnologia dos Estados Unidos e o Departamento de Estado dos EUA informaram a queda nos serviços na terça-feira, mas não especificaram as razões. Um problema semelhante aconteceu em novembro passado.

"Os serviços de internet e chamadas telefônicas entre as províncias foram cortadas na terça-feira por causa de uma falha em cabos de fibra óptica", disse a SANA. "Os esforços estão em curso para corrigir as falhas e recuperar a internet e serviços de telefonia o mais rápido possível", informou a agência citando uma fonte do setor de comunicações.

Ativistas que frequentemente usam a internet para informar sobre a violência no país culparam as autoridades pela interrupção nos serviços de comunicação. "Mesmo equipamentos de comunicação por satélite" usados por muitos ativistas para evitar espionagem "tem ficado mais lentos", disse um ativista sírio atualmente fora de seu país ao escritório da AFP em Beirute.

"Eu acho que o regime tem um plano para encenar algum tipo de ataque. Isso é o que acontece cada vez que a internet cai", disse o ativista, especialista em internet que se identificou como Fares. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaInternet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.