Interpol anula ordens de prisão contra as Farc

Membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram no domingo que a Interpol suspendeu os mandados de prisão emitidos contra guerrilheiros que participam das negociações de paz com o governo colombiano. A suspensão das ordens judiciais era uma exigência da guerrilha para comparecer às rodadas de negociação na Noruega, agendadas para o dia 17 em Oslo. O porta-voz das Farc, Rodrigo Granda, elogiou a medida, destacando que Bogotá está cumprindo sua parte nas negociações.

O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.