Interpol emite alerta de prisão contra Kadafi

Alerta vermlho também foi emitido para seu filho, Seif al-Islam, e para ex-chefe da inteligência militar

AE, Agência Estado

09 Setembro 2011 | 08h21

TRÍPOLI - A Interpol informou nesta sexta-feira, 9, que emitiu alertas vermelhos - seu alerta para os fugitivos mais procurados - pela prisão do ex-líder da Líbia Muamar Kadafi, o filho dele Seif al-Islam e o ex-chefe da inteligência militar Abdullah al-Senoussi.

 

Veja também:
forum OPINE: 
Onde se esconde Kadafi?
especialESPECIAL: Quatro décadas de ditadura na Líbia
lista ARQUIVO: ‘Os líbios deveriam chorar’, dizia Kadafi

A medida foi tomada a pedido do promotor-geral do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luis Moreno-Ocampo, que busca o trio sob suspeita de crimes contra a humanidade. Kadafi não é visto em público há meses e passou a se esconder após rebeldes contrários a seu regime tomarem Trípoli, em 21 de agosto.

A Interpol informou em comunicado nesta sexta-feira que transmitiu o alerta para seus 188 países-membros. Esse tipo de alerta é equivalente a estar na lista dos mais procurados da polícia internacional sediada em Lyon.

Há grande especulação na Líbia sobre o paradeiro de Kadafi. Rumores apontam que ele pode estar em um bunker em Trípoli, ou exilado no Níger ou na Argélia. Na quinta-feira, Kadafi disse que não fugiu. Em uma mensagem de áudio, ele pediu a seus aliados que sigam lutando pelo controle do país do norte da África.

 

As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
FrançaInterpolKadafi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.