Arquivo Efe
Arquivo Efe

Interpol emite alerta global para captura de Ben Ali e seus familiares

Ex-presidente e outros seis parentes estão sendo procurados por 'aquisição ilícita de bens'

Efe

26 de janeiro de 2011 | 19h50

PARIS - A Interpol anunciou nesta quarta-feira, 26, a emissão de um alerta global para a localização e captura do ex-presidente tunisiano Zine El Abidine Ben Ali e seis de seus familiares por "aquisição ilegal de bens imobiliários e transferência ilícita de divisas".

 

O alerta, emitido pelo escritório da Interpol em Túnis, inclui sua mulher, Leila Trabelsi, e pede aos outros 187 membros da organização que contribuam na localização dessas pessoas com o objetivo de extraditá-las à Tunísia.

 

Além disso, afirma que quando esses indivíduos forem localizados, as autoridades tunisianas emitirão um pedido formal para sua extradição através da via diplomática.

 

A própria justiça tunisiana já havia emitido ordem de prisão contra Ben Ali e sua esposa por acusações que incluem a retirada ilegal de dinheiro do país.

 

Ben Ali deixou a Tunísia e fugiu para a Arábia Saudita em 14 de janeiro junto a vários membros de sua família, após mais de um mês de protestos populares que encerraram 23 anos de seu mandato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.