Interpol mostra fotos de suspeitos de ataque em Uganda

A Interpol está publicando o desenho dos rostos de dois suspeitos de terem executado o suposto ataque suicida em Uganda, que matou 73 pessoas. A agência baseada na França acionou 188 países para buscar informações sobre os suspeitos e estava liberando imagens para o público, esperando que eles sejam identificados, segundo um comunicado.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2010 | 16h17

As imagens dos rostos dos suspeitos foram reconstruídas a partir dos restos mortais encontrados nos locais das explosões, que ocorreram em 11 de julho, na capital Kampala. Dois suicidas integraram os ataques, na última semana, que mataram 73 pessoas que assistiam a final da Copa do Mundo em Kampala, disse o chefe de polícia da Uganda, Kale Kayihura.

A reconstrução facial dos suicidas sugere que um deles tem origem somali. As forças de segurança de Uganda prenderam mais de 20 pessoas, incluindo diversos paquistaneses. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ataqueInterpolUganda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.