Intruso invade depósito de armas químicas nos EUA

Um intruso foi detectado hoje dentro do depósito químico Deseret, onde o governo dos Estados Unidos estoca e destrói gás de nervos e outras toxinas usadas como armas químicas, informaram funcionários do depósito. Segundo um deles, ouvido pela rede de televisão MSNBC, não houve violação do sistema de segurança interno, onde os produtos tóxicos são mantidos. Os funcionários ouvidos pelas emissoras de TV não esclareceram se o intruso foi detido.Segundo o representante da agência de defesa civil do Condado de Tooele, Wade Matthews, em nenhum momento houve perigo para o público ou para os funcionários do depósito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.