Inundação deixa mais de 180 mineradores presos em mina na China

Mais de 180 mineradores estavam presosdebaixo da terra no leste da China no sábado após uma chuvaprovocar inundação em dois poços, no último revés para aindústria de mineração com maior índice de mortalidade domundo. Há temor de que os mineradores estejam mortos. A agência estatal de notícias Xinhua disse que 584mineradores escaparam depois do incidente de sexta-feira naempresa Huayuan Mining Corp., na província de Shandong. Mas astentativas de policiais de salvar outras 172 pessoas no localfracassaram porque a chuva continuou a cair, impedindo adesobstrução da área. Nove mineradores ficaram presos na mina Minggong, na mesmaregião, depois outros que 86 conseguiram escapar, informou aXinhua. Os mineradores soterrados têm apenas uma "remota chance" desobreviver, disse Wang Ziqi, diretor da administração desegurança de mineração da província de Shandong. A atividade de mineração é arriscada em todo o mundo, mas aindústria na China é a que tem maior índice de mortalidade, commais de 2.100 mortos em 1.320 acidentes nos sete primeirosmeses do ano. Como comparação, o Departamento do Trabalho dos EstadosUnidos computou 14 mortes em minas até 10 de agosto deste ano. Autoridades chinesas estimam que morrem 1.485 mineradorespara cada milhão de tonelada de carvão produzido, comparado comcerca de 0,04 nos EUA em 2005. (Reportagem adicional de Chris Buckley em Pequim)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.