Inundações causam 11 mortes no México

Fortes chuvas causaram o rompimento de duas represas e uma série de inundações em povoados da região central do México, onde as autoridades dizem que pelo menos 11 pessoas morreram e seis foram declaradas desaparecidas. No município de San Luis Potosí, capital do Estado de mesmo nome, a represa de Los Dolores rompeu em conseqüência da água acumulada pelas chuvas torrenciais dos últimos dias, inundando o povoado vizinho de Villa de Reyes, onde nove pessoas morreram, entre elas um bebê de seis anos, e milhares ficaram desabrigadas. No Estado vizinho de Zacatecas, a represa El Capulín também rompeu na madrugada de hoje, liberando uma torrente de água sobre a cidade de Villa García. Uma mulher de 73 anos e uma menina de três morreram afogadas. As autoridades locais decretaram estado de emergência tanto em Villa de Reyes quanto em Villa García.

Agencia Estado,

16 Agosto 2002 | 15h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.