Inundações deixam 131 mortos e 31 desaparecidos na China

As perdas econômicas totais podem chegar a US$ 1,308 bilhão

Efe

11 Julho 2007 | 09h27

O número de mortos nas sete províncias chinesas assoladas pelas recentes inundações chegou a 131. Trinta e uma pessoas permanecem desaparecidas, informou nesta quarta-feira, 11, o Ministério de Assuntos Civis.As províncias de Sichuan (sudoeste), Hubei e Henan (centro), Shaanxi (noroeste), Anhui e Jiangsu (leste) e o município de Chongqing (centro) são as regiões mais afetadas pelas chuvas, que começaram dia 28 de junho.Quase 1,2 milhão de pessoas tiveram que ser retiradas da região e a força da água derrubou mais de 99 mil casas. Outras 407 mil sofreram danos.Além disso, 2,67 milhões de hectares de terra cultiváveis foram prejudicados até agora, com prejuízos diretos de US$ 763 milhões, segundo dados do Ministério publicados nesta quarta-feira pela agência Xinhua. As perdas econômicas totais podem chegar a US$ 1,308 bilhão.O governo enviou equipes de resgate às áreas mais afetadas. Mas as previsões são de mais chuvas para os próximos dias, o que pode dificultar o trabalho.Segundo os últimos dados do Escritório Estatal de Controle de Inundações e Seca, mais de 66,3 milhões de pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas nesta temporada, com 360 mortos.

Mais conteúdo sobre:
inundaçõesChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.