Inundações deixam mais de 100 mil desabrigados na Malásia

Cerca de 104 mil pessoas foram evacuadas de suas casas em Johor devido às inundações produzidas pelas fortes chuvas que castigam o sul da Malásia, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.O chefe do departamento de Drenagem e Irrigação, Keizrul Abdullah, disse ao jornal "The Star" que a infra-estrutura de Johor, onde em algumas partes o nível da água chega a quatro metros, não tem capacidade para drenar as áreas inundadas.A maioria dos desabrigados foi transferida a 355 centros do estado e de Johor Baru, sua capital, segundo a agência estatal de notícias "Bernama".Por sua parte, as autoridades sanitárias declararam o alerta diante do risco de epidemias de tifo e cólera, em conseqüência destas novas inundações, que seguem às ocorridas em dezembro e que deixaram 15 mortos.Pelo menos duas pessoas morreram por causa da leptospirose, doença transmitida pelos ratos por meio de sua urina.Muitas estradas do estado de Johor continuam interditadas e os principais rios da região transbordaram.As autoridades deste estado também informaram sobre a ocorrência de vários deslizamentos de terra, sem que fossem registrados mortos ou feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.