Inundações deixam nove mortos e onze desaparecidos na China

Chuvas em Guizhou se somam aos transtornos causados pelo terremoto da província vizinha de Sichuan

EFE

27 de maio de 2008 | 04h00

As inundações causadas pelas chuvas que começam a castigar a China deixaram nove mortos e onze desaparecidos nesta terça-feira na província de Guizhou, vizinha a Sichuan, devastada pelo terremoto de 12 de maio, informou a agência de notícias "Xinhua". Nove localidades do distrito de Wangmo foram castigadas pelas chuvas torrenciais que começaram ontem, segundo o Escritório de Emergências de Guizhou. As mortes aconteceram nas cidades de Xintun, Dayi e Fuxing. As inundações destruíram ainda 58 casas, duas pontes, uma estrada provincial e muitos postes de eletricidade, que causaram blecautes em oito localidades. No ano passado, as inundações durante a temporada de chuvas mataram mais de mil pessoas em todo o país. Enquanto isso, as autoridades tentam em Sichuan drenar com urgência os lagos formados pelos deslizamentos do terremoto, que ameaçam transbordar sobre as já devastadas localidades com a chegada das chuvas estivais.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequiminundação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.