Inundações matam 3 e deixam 1.500 desabrigados em Jacarta

Estradas de metrópole ficaram alagadas, quase interrompendo o tráfego e forçando muitos a abandonarem seus veículos

AE-AP, JACARTA

02 de fevereiro de 2008 | 11h00

JACARTA - Inundações mataram três crianças e deixaram aproximadamente 1.500 desabrigados em Jacarta, capitalda Indonésia. As estradas de metrópole ficaram alagadas, quase interrompendo o tráfego e forçando muitos a abandonarem seus veículos, incluindo o próprio presidente do país. A baixa visibilidade também fechou temporariamente os muitos aeroportos internacionais da cidade nesta Sexta-feira.

"Três crianças se afogaram enquanto brincavam nos rios que transbordavam" diz Rustam Pakaya, chefe do Departamento de Saúde indonésio, acrescentando que 1.463 pessoas ficaram desabrigadas com asEnchentes.

Temporais como esse causam dúzias de deslizamentos de terra e rápidas inundações todos os anos na Indonésia. No ano passado, mais de 40 pessoas morreram na época das inundações.

Críticos debitam parte do problema ao rápido crescimento da cidade nos últimos anos, sem planejamento e com canais de drenagem deficientes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.