Inundações na Indonésia deixam pelo menos 100 mortos

As inundações nas regiões norte e oeste da Indonésia começaram a retroceder, mas autoridades disseram nesta terça-feira que pelo menos 100 pessoas foram mortas e que até 200 estão sendo procuradas em áreas remotas. As enchentes e os deslizamentos de terra mataram pelo menos 100 pessoas nas províncias de Aceh e Sumatra do Norte e dezenas de milhares foram forçadas a fugir de suas casas para locais mais altos. Em Aceh, que ainda se recupera da devastação causada pelo tsunami dois anos atrás, o número de mortos subiu para 69. Outras 31 pessoas morreram na província vizinha de Sumatra do Norte, incluindo 22 em um deslizamento de terra no distrito de Muara Sipongi, depois que receberam autorização para voltar para casa após um terremoto ocorrido na semana passada. "Hoje estamos continuando as buscas pelas vítimas. Há 200 pessoas registradas como desaparecidas", disse por telefone Syahbuddin Usman, chefe do distrito de Tamiang, em Aceh, que foi duramente atingido. Em algumas áreas é impossível saber se há mortos ou desaparecidos, porque as águas derrubaram pontes, romperam as linhas de comunicação e deixaram estradas intransitáveis. Algumas famílias não conseguiram comunicar às autoridades que sobreviveram. Autoridades atribuem a destruição às chuvas pesadas e aos efeitos do desmatamento. A falta de cobertura vegetal adequada torna o piso menos capaz de absorver o excesso de água.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.