Inundações na Malásia deixam pelo menos 26 mortos

Segundo autoridades, 34.411 pessoas precisaram ser retiradas de suas casas e foram levadas para colégios

Efe,

18 de dezembro de 2007 | 03h17

Pelo menos 26 pessoas morreram e 34.411 foram retiradas de suas casas por causa das inundações provocadas pelas fortes chuvas nas últimas duas semanas no noroeste da Malásia, segundo as autoridades. Os estados mais afetados são Pahang, Kelantan e Johor. Os desabrigados estão hospedados em colégios, centros comunitários e edifícios públicos, informa nesta terça-feira, 18, o jornal The New Straits Times. O Centro de Controle da Malásia informou que várias casas foram alagadas. Estrada e ferrovias estão cortadas. As autoridades temem que as marés altas previstas para sexta-feira agravem a situação. O Departamento de Meteorologia previu intensas chuvas e tempestades com fortes ventos nos estados de Penang e Kedah, também no noroeste. Os habitantes do estado de Sarawak, em Bornéu, receberam avisos das autoridades após as fortes chuvas das últimas horas. O fenômeno climático da monção, entre novembro e fevereiro, causou no ano passado na Malásia um prejuízo de US$ 343 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Malásiainundações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.