Invasores expulsam repórter da BBC da mansão de Guy Ritchie

Ocupantes dizem que propriedade do diretor inglês foi invadida em protesto contra a comercialização da educação.

BBC Brasil, BBC

16 de fevereiro de 2011 | 14h39

Ocupantes da mansão do diretor querem criar `escola livre'

O grupo que invadiu a mansão do diretor de cinema britânico Guy Ritchie, no centro de Londres, expulsou da propriedade o repórter da BBC Paraic O'Brien na última terça-feira, após dizer que estão protestando contra o que chamaram de "comercialização da educação".

Composta por duas casas conjugadas e avaliada em 6 milhões de libras (R$ 16 milhões), a mansão foi invadida e ocupada no último domingo, por um grupo autointitulado "Escola Realmente Livre".

Eles dizem que a mansão funcionará como "espaço autônomo" de aprendizado e criatividade, com oficinas, jogos, aulas e exibição de filmes.

Na terça-feira, o repórter da BBC acompanhou o momento em que os advogados de Ritchie deixaram, colada na porta da casa, uma ordem judicial de despejo.

O'Brien conseguiu entrar na casa e falou com alguns dos ocupantes. Em seguida, um deles se irritou e o expulsou da propriedade.

Guy Ritchie ainda não comentou o assunto.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.