Inverno rigoroso já matou 200 pessoas na Polônia

A polícia da Polônia informou que o inverno rigoroso que atinge o país já deixou 200 pessoas mortas. A maioria das vítimas era sem-teto ou estava sob influência de álcool. A cidade de Varsóvia registrou nos últimos dias temperaturas por volta dos 5ºC negativos à noite. Já em Bialystok, no noroeste do país, as temperaturas giravam em torno dos 20ºC negativos. A polícia publicou hoje em seu site que 29 pessoas morreram de frio somente em fevereiro, elevando o total para 200 desde novembro. As informações são da Associated Press.

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2011 | 13h06

Tudo o que sabemos sobre:
Polôniainvernomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.