Investidor sairá do comitê executivo do Washington Post

O Washington Post anunciou que o megainvestidor Warren Buffett, seu maior acionista, vai sair do comitê executivo da companhia quando terminar seu mandato em maio. Em comunicado, Buffett disse que ama o Washington Post desde que entregou "quase 500 mil cópias do jornal quando era jovem em Washington".

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 19h16

Buffett atuou no comitê executivo do jornal desde 1974, com um intervalo de oito anos quando se tornou diretor da Capital Cities. Sua saída se segue à decisão de Melinda French Gates de deixar o comitê em novembro. Gates, que administra uma fundação multibilionária com seu marido, Bill, cofundador e ex-executivo-chefe da Microsoft, ficou na diretoria do Washington Post por seis anos.

Em comunicado à parte, o Washington Post informou que aumentou seus dividendos anual e trimestral, tornando-se a mais recente companhia a elevar a remuneração aos acionistas à medida que a economia norte-americana continua se recuperando. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.