Investigação sobre Petraeus envolveu uma segunda mulher

Uma queixa sobre e-mails potencialmente ameaçadores enviados por uma mulher romanticamente ligada ao chefe da CIA, David Petraeus, para uma segunda mulher gerou a investigação que acabou levando Petraeus a renunciar na última sexta-feira, segundo fontes com conhecimento do assunto ouvidas pelo Wall Street Journal.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

11 de novembro de 2012 | 10h42

As fontes afirmaram que o FBI começou a investigar o caso após a queixa de uma mulher da Flórida alegando que Paula Broadwell estava enviando e-mails ameaçadores sobre a natureza da relação entre a mulher da Flórida e Petraeus. Broadwell, que é a biógrafa de Petraeus, foi identificada como amante dele, mas novas revelações indicam a possibilidade de uma situação ainda mais complexa.

Embora o conteúdo dos e-mails não tenha sido divulgado, eles sugerem que Broadwell suspeitava que a outra mulher estaca tendo um relacionamento com Petraeus. O FBI e promotores da Flórida e da Carolina do Norte começaram a investigar a possibilidade de invasão na conta de e-mail de Petraeus.

No entanto, os promotores acabaram percebendo que não se tratava de um ataque cibernético e, sim, que Petraeus havia compartilhado parte do acesso de sua conta com Broadwell. Foram feitas investigações sobre a possibilidade de Petraeus ter compartilhado com Broadwell informações sigilosas, mas a hipótese foi descartada.

Na verdade, segundo uma das fontes ouvidas pelo WSJ, o conteúdo dos e-mails indica que Petraeus se envolveu em uma situação pessoal confusa que o expôs a potenciais chantagens. Petraeus, que é casado, foi interrogado nas duas últimas semanas e admitiu ter um caso com Broadwell, que também é casada.

Autoridades do FBI e do Departamento de Justiça dos EUA determinaram que não houve crime envolvendo Petraeus e no começo da semana passada avisaram o Diretor de Inteligência Nacional, James Clapper, sobre suas conclusões. Na quarta-feira Clapper notificou o presidente reeleito dos EUA, Barack Obama, sobre o assunto e na sexta-feira foi anunciada a renúncia de Petraeus. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CiaPetraeusFBI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.