Islamic Republic News Agency
Islamic Republic News Agency

Irã nega ter enviado caixa-preta para outro país

Hassan Rezaeifar, chefe da equipe que tentar ler o material, não negou possibilidade de compartilhamento com França e Ucrânia, mas reforçou que isso ainda não ocorreu

Islamic Republic News Agency, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2020 | 17h35

TEERÃ - A agência estatal iraniana (Irna) informou que até o momento não tomou nenhuma decisão de enviar para outros países da caixa-preta do avião ucraniano abatido por engano pela Guarda Revolucionária. A informação foi publicada neste domingo, 19, junto com uma fala de Hassan Rezaeifar, responsável pela investigação.

"Estamos tentando ler a caixa-preta aqui no Irã", disse Rezaeifar. "Nossas outras opções são França e Ucrânia. Contudo, até o momento, não foi tomada nenhuma decisão nesse sentido."

Rezaeifar havia dito anteriormente à agência estatal que o avião era um Boeing 737 moderno, e que o Irã não possuía tecnologia para decifrar sua caixa-preta. Assim, ela seria enviada para a França.

O avião ucraniano foi atingido por engano por um míssil do sistema aéreo de defesa ao sul de Teerã em 8 de janeiro. Todas as 176 pessoas a bordo morreram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.