Iranian Presidency via AP
Iranian Presidency via AP

Irã acusa EUA de buscar desculpas para romper acordo nuclear

Washington havia pedido inspeções de locais militares iranianos no marco da verificação do acordo nuclear de 2015 entre as grandes potências e Irã, algo que não está previsto no acordo

O Estado de S.Paulo

15 Setembro 2017 | 13h12

WASHINGTON - Os Estados Unidos "buscam desculpas" para romper o acordo nuclear com Irã, ao exigir inspeções dos locais militares, apontou sexta-feira o alto responsável da segurança na República Islâmica.

"O Irã não implementa qualquer atividade nuclear não declarada", disse o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional, Ali Shamkhani, à televisão de Estado.

Washington havia pedido inspeções de locais militares iranianos no marco da verificação do acordo nuclear de 2015 entre as grandes potências e Irã.

O acordo prevê um levantamento progressivo das sanções contra Teerã em troca de garantias de que o Irã não se dotará da arma atômica.

Shamkhani acusou a administração de Donald Trump de "buscar desculpas" e ter uma "atitude pouco construtiva" para "prejudicar este acordo internacional".

A ONU indicou que não havia nenhuma obrigação de implementar inspeções de locais militares a menos que haja suspeitas de atividades ilícitas. Por enquanto não há provas de que material nuclear tenha sido transferido a locais militares, segundo Nações Unidas. 

Este organismo disse ter duplicado suas inspeções desde a entrada em vigor do acordo, no início de 2016./ AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.