Irã acusa os EUA, a Grã-Bretanha e Israel de sabotagem

Irã anunciou nesta quinta-feira que possui informações que dão conta de que os governos dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e de Israel têm envolvimento nas recentes quedas de dois aviões militares iranianos.Trata-se da mais recente acusação de Teerã contra capitais ocidentais em meio a um crescente clima de confronto. Na última quarta-feira, o governo iraniano acusou os EUA e a Grã-Bretanha de participação em dois atentados que resultaram na morte de nove pessoas no sudoeste do Irã no início desta semana."As informações das quais dispomos dizem que agentes secretos de Estados Unidos, Grã-Bretanha e Israel tinham a intenção de gerar instabilidade no Irã", disse o ministro de Interior, Mostafa Pourmohammadi, em conversa com jornalistas na capital iraniana."Minha avaliação é de que a queda de nossos aviões C-130 e Falcon foi idealizada por eles, ou talvez tenha ocorrido alguma interferência eletrônica", disse ele no intervalo de um seminário policial em Teerã. Pourmohammadi não entrou em detalhes nem ofereceu evidências.No início de janeiro, a queda de um avião militar iraniano resultou na morte de um comandante da Guarda Revolucionária e de dez outros militares. Em 6 de dezembro passado, a queda de um avião militar de transporte deixou 115 mortos em Teerã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.