Irã alerta que qualquer ataque a país iniciaria guerra

Um comandante-sênior do Exército do Irã alertou que qualquer ataque dos EUA ou de Israel na República Islâmica iniciaria uma Guerra Mundial, divulgou a agência de notícias estatal IRNA. O país está sob pressão internacional para interromper o programa de enriquecimento de urânio."A ganância desenfreada da liderança dos EUA e do sionismo global... está gradualmente levando o mundo para a beira de um precipício", disse o vice-líder da equipe de propaganda de defesa, o general de brigada Masoud Jazayeri, citando a inquietação no Afeganistão, no Iraque, no Sudão e na Geórgia."É evidente que se tal desafio ocorrer, os regimes falsos e artificiais serão eliminados antes de qualquer coisa", completou Jazayeri, sem citar um país.O Irã não reconhece Israel, que costuma ser descrito por autoridades no Teerã como "um falso regime".Os EUA e Israel acusam o Irã de tentar produzir armas nucleares sob o disfarce de um programa nuclear civil. O Irã diversas vezes negou as alegações, insistindo que o programa tem como único objetivo fornecer eletricidade para a população quando as reservas de combustível natural acabarem.Os EUA nunca descartaram uma ação militar contra o Irã devido à oposição do país às exigências internacionais para interromper o enriquecimento, mas por enquanto tem buscado uma rota diplomática, com pedidos de mais sanções.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

30 de agosto de 2008 | 10h42

Tudo o que sabemos sobre:
Irãalertaguerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.