Irã anuncia concurso internacional para construir reatores

O conselheiro internacional do Organismo de Energia Atômica do Irã, Mohammad Saidi, disse nesta terça-feira que seu país realizará em agosto um concurso internacional para a construção de dois reatores de água leve.Segundo a agência Fars, o dirigente da equipe negociadora iraniana fez o anúncio após participar da conferência "Tecnologia nuclear, ciência local e riqueza nacional", organizada pela Universidade de Teerã.Saidi disse também que a reunião de quinta-feira em Viena com os representantes dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha deve levar em conta a decisão irreversível de Teerã de dispor de energia nuclear com fins pacíficos."Os três países europeus devem levar em conta a realidade irreversível do Irã em sua proposta, caso contrário qualquer oferta terá problemas", disse Saidi.A autoridade iraniana lembrou que Teerã iniciou o projeto da central de Bushehr em 1998 e que atualmente mais de 90% do plano já foi concluído."Devemos esforçar-nos para que essa central entre em funcionamento nos próximos meses", disse Saidi, que lembrou que seu país pretende construir pequenas centrais utilizando os serviços de empresas nacionais."Como analista, digo a vocês que a tecnologia de construir centrais não é mais difícil do que a tecnologia para produzir o combustível nuclear", disse Saidi, que se mostrou convencido de que "em um futuro próximo" seu país poderá construir centrais sem ajuda externa.O iraniano lembrou que as atividades nucleares de se país são transparentes e contam com supervisão internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.