Irã anuncia início de manobras militares no Golfo Pérsico

O general iraniano Yahia Rahim Safavi, comandante das forças dos Guardiães da Revolução, anunciou nesta quarta-feira que as forças do Irã vão iniciar na quinta-feira, 2, manobras no Golfo Pérsico. Rahim Safavi, citado pela agência de notícias iraniana Irna, afirmou que os exercícios, chamados de "O Grande Profeta II", contarão com unidades aéreas, terrestres e marítimas. O comandante acrescentou que as operações têm como objetivo "mostrar a força e o desejo nacional de defesa global frente a qualquer ameaça contra a soberania de nossa terra islâmica". As manobras, segundo o oficial, vão durar dez dias. Em 30 de outubro, 25 países, liderados por Estados Unidos, Reino Unido, França e Itália, iniciaram uma série de exercícios militares no Golfo Pérsico para se preparar para a luta contra o contrabando de material nuclear na região, segundo a agência iemenita Saba, que citou uma fonte militar americana. No entanto, o porta-voz da Presidência do Irã, Gholam Hossein Elham, assegurou que não estava preocupado com estas manobras. Em março e abril, os Guardiães da Revolução fizeram exercícios militares chamados de "O Grande Profeta", também no Golfo Pérsico, que tinham como objetivo enviar uma "mensagem" contra a ingerência estrangeira no país. A agência iraniana assegurou também que serão realizadas manobras em várias províncias do Irã, sem dar mais detalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.