Irã apóia inspeção no Iraque, mas também em Israel

O Irã apoiaria uma ação contra o Iraque liderada pela Organização das Nações Unidas (ONU), caso os inspetores provem que Bagdá desenvolveu armas de destruição em massa, mas defendeu que essa mesma investigação deveria ser feita também em Israel. "Dado que somos signatários de convenções internacionais que proíbem armas de destruição em massa, o Irã vai apoiar qualquer ação da ONU contra qualquer país", disse o porta-voz do governo iraniano, Abdollah Ramezanzadeh. O porta-voz afirmou que essas medidas também devem ser aplicadas a todos os que violarem as convenções, inclusive Israel. O governo israelense nunca assinou o Tratado de Não-Proliferação Nuclear e nunca abriu seus edifícios para inspeções internacionais. Israel também recusa-se a discutir sua capacidade nuclear, mas a CIA estima que o país tem entre 200 e 400 armas nucleares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.