Irã apresentará contra-proposta ao Ocidente

O Irã fará uma contra-oferta ao pacote de incentivos apresentados por países do Ocidente para persuadir o governo de Teerã a interromper seu programa de enriquecimento de urânio. Segundo a agência estatal de notícias IRNA, o ministro de Relações Exteriores do país, Manoucheher Mottaki, disse que a idéia poderia ser uma variação das propostas feitas pela Europa, EUA, China e Rússia."Nós esperamos que a intenção real do Irã, que pode ser um pacote modificado ou totalmente novo, seja examinada com cuidado pela Europa", disse.Mottaki não quis dar mais informações sobre os diferenciais da proposta iraniana em relação ao texto apresentado pelo Ocidente. "Nós pretendemos tomar algumas medidas no sentido de gerar uma compreensão dos direitos de um lado - do Irã - e resolver as preocupações do outro lado", disse. Ao mesmo tempo, o principal negociador de assuntos nucleares do Irã, Ali Larijani, comentou a posição iraniana em conversas com o ministro de Relações Exteriores do Egito, Ahmed Aboul Gheit, em encontro no Cairo. Larijani e Gheit devem voltar a se encontrar novamente neste domingo.O pacote elaborado pelos cinco países membros do Conselho de Segurança da ONU, além da Alemanha, tem o objetivo de retomar as negociações com o Irã sobre o programa nuclear do país. Os EUA forneceriam tecnologia nuclear pacífica para o governo de Teerã, levantariam algumas sanções e participariam diretamente das negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.