Irã considera prolongar diálogo sobre programa nuclear

O Irã considera prolongar as negociações sobre seu programa nuclear com seis potências mundiais caso as partes não cheguem a um acordo neste domingo, afirmou um representante da delegação iraniana em Viena. O prazo para um acordo vence amanhã.

Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2014 | 10h19

Segundo a autoridade iraniana, que falou sob condição de anonimato, se o impasse continuar até a noite de hoje, as negociações se concentrarão em garantir "um acordo político geral" sobre pontos que ambos os lados estão comprometidos a resolver. Neste caso, afirmou o iraniano, novo diálogo ocorreria no futuro próximo com o objetivo de assinar o acordo, levando a mais negociações sobre as questões pendentes.

Temendo a possibilidade de que o Irã produza armas atômicas, as seis potências mundiais - Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia - exigem severas restrições ao programa nuclear de Teerã. Os iranianos, por sua vez, buscam o fim das sanções internacionais impostas ao país por causa do programa. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãnuclearnegociações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.