Irã constrói novo centro para lançar satélites

O Irã está terminando a construção de um novo central espacial que permitirá lançar mais satélites domésticos em órbita, informou hoje o ministro da Defesa do país, general Ahmad Vahidi. O comentário do ministro foi a primeira confirmação de que o Irã está investindo em uma área que já provoca problemas com as nações do Ocidente por causa do controverso programa nuclear do país.

AE, Agência Estado

02 de junho de 2012 | 10h54

A preocupação é que o programa facilite os esforços para a fabricação de armas atômicas, o que Teerã nega, insistindo que seus propósitos são de paz, e suas possíveis aplicações militares, já que a tecnologia usada para colocar satélites em órbita também pode ser reorganizada para fazer mísseis intercontinentais.

Em comentários feitos à agência oficial de notícias, IRNA, Vahidi disse que o primeiro satélite que será lançado do novo centro será o Tolo, mas não informou onde ele está localizado. O Irã já possui um grande complexo para lançamento de satélite próximo a Semnan, 200 quilômetros ao leste de Teerã, e outro centro espacial - um satélite de monitoração - próximo a Mahdasht, cerca de 40 quilômetros a oeste da capital iraniana.

"Cerca de 80% da construção do atual novo centro espacial está terminada", contou Vahidi, acrescentando que o novo espaço enviará "satélites do Irã, de países da região e do mundo islâmico para a órbita no futuro próximo". As informações são da Associated Press

Mais conteúdo sobre:
programa nuclearIrãsatélite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.