Irã convida o Ocidente a erguer usinas atômicas no país

O ministro das Relações Exteriores do Irã convidou países ocidentais a participar da construção de novas usinas nucleares em solo iraniano, e se comprometeu a assinar novos tratados de não-proliferação, se Teerã tiver acesso a tecnologias nucleares mais atuais. Os comentários do ministro Kamal Kharrazi foram feitos durante uma entrevista coletiva, e se seguiram à sugestão do ministro russo da Energia Atômica, de que os EUA se unam à Rússia na construção de uma usina nuclear no Irã.O governo dos EUA vem expressando cada vez mais preocupação de que o Irã esteja tentando criar armas nucleares, enquanto que Teerã reafirma, seguidamente, que a usina servirá apenas para produzir eletricidade.?A Rússia nos ajudou um bocado na construção da usina de Busher, para produzir eletricidade... países ocidentais também podem participar das licitações que pretendemos fazer para a construção de mais usinas nucleares?, disse Kharrazi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.