Irã cumpre termos de acordo nuclear provisório, aponta agência da ONU

O Irã está adotando novas ações para cumprir os termos de um acordo nuclear provisório com seis potências mundiais, revelou o informe mensal da agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a implementação do pacto nesta segunda-feira.

REUTERS

20 de outubro de 2014 | 15h51

O relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), ao qual a Reuters teve acesso, deixou claro que Teerã está obedecendo seus compromissos com o acordo temporário enquanto o país e as potências buscam um entendimento final sobre a questão nuclear.

O documento afirma que o Irã diluiu mais de 4.100 quilos de urânio enriquecido a uma pureza físsil até 2 por cento abaixo do nível do urânio natural --uma das medidas adicionais que os iranianos concordaram em adotar quando o acordo de seis meses, vencido em julho, foi estendido em quatro meses.

O urânio refinado pode ser usado para abastecer usinas de energia nuclear, o objetivo declarado de Teerã, mas também fornecer o cerne físsil de uma bomba nuclear se processado a um grau muito maior, o que o Ocidente teme ser o verdadeiro propósito do país.

A AIEA está encarregada de verificar se o Irã está mantendo sua parte do acordo interino, concebido para ganhar tempo para as conversas atuais com vista a uma resolução abrangente para o impasse que aplaque os temores de uma nova guerra no Oriente Médio.

Mas ainda não está claro se o Irã e as seis potências cumprirão o prazo autoimposto de 24 de novembro para alcançar um acordo de longo prazo que leve à redução das atividades atômicas iranianas em troca de uma suspensão gradual da sanções econômicas que prejudicam o país.

(Reportagem de Fredrik Dahl)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUIRANUCLEAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.