Irã detém nove suspeitos de ataque à mesquita

TEERÃ - A televisão estatal do Irã disse que forças de segurança detiveram nove suspeitos de terem conspirado para executar um atentado desfechado ontem por dois homens-bomba contra uma mesquita xiita, no sudeste do país, que deixou 39 mortos. O ataque ocorreu na cidade de Chahbahar, na província do Sistão-Baluquistão, perto da fronteira com o Paquistão.

AE, Agência Estado

16 de dezembro de 2010 | 17h21

 

O ministro do Interior, Mustafá Mohammed Najjar, disse que um dos suspeitos foi preso quando tentava atravessar uma fronteira. Ele não especificou qual fronteira. O grupo extremista sunita Jundallah, ou Soldados de Alá, assumiu a autoria do atentado. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.