Irã deve investir US$ 1,4 bilhão em novas usinas nucleares

O Irã pretende destinar US$ 1,4 bilhão do orçamento de 2008 para a construção de novas usinas nucleares, informou nesta segunda-feira, 26, a TV estatal. O anúncio ocorreu no mesmo dia em que representantes das principais potências nucleares discutem, em Londres, a possibilidade de impor novas sanções ao governo iraniano.Na quinta-feira, 22, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) divulgou um relatório apontando que o Irã não suspendeu seu programa de enriquecimento de urânio, desrespeitando um prazo imposto pela ONU em dezembro de 2006.Com a verba do orçamento de 2008, que possivelmente será destinada à construção de novas usinas nucleares, o governo iraniano pretende criar também novos reatores e treinar funcionários, que devem atuar nas usinas.A decisão, aprovada por um comitê parlamentar, precisa ainda passar pela maioria dos 290 integrantes do Parlamento e por uma comissão constitucional para, somente então, ser transformada em lei. O Irã havia revelado que pretende construir até 20 reatores nucleares, como parte de um projeto para gerar 20 mil megawatts de eletricidade por meio de energia nuclear, nos próximos 20 anos. O enriquecimento de urânio é um processo essencial para a geração do combustível empregado nas usinas nucleares.Em grande quantidade, o urânio enriquecido pode ser usado para carregar bombas atômicas. Os EUA e outras potências ocidentais acusam o Irã de desenvolver um programa nuclear bélico secreto. O governo iraniano nega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.