Irã discute programa nuclear com UE na próxima semana

O negociador-chefe do programa nuclear iraniano, Saeed Jalili, se reunirá na próxima semana com o chefe de política externa da União Européia (UE), Javier Solana, para discutir o impasse entre Teerã e o Ocidente com relação às usinas nucleares da república islâmica. A informação foi divulgada hoje pela Irna, agência de notícias do governo iraniano. De acordo com o despacho, a reunião ocorrerá no próximo dia 19 em Genebra.O diálogo se concentrará em um pacote de incentivos econômicos e tecnológicos oferecido ao Irã por Alemanha, China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Rússia em troca do desmantelamento do programa de enriquecimento de urânio mantido pela república islâmica. Na semana passada, o Irã enviou à UE uma resposta referente à oferta, mas sugeriu não ter planos de abandonar a atividade de enriquecimento de urânio, um processo essencial para a geração de combustível usado no funcionamento das usinas nucleares. Em grande escala, o urânio enriquecido pode ser usado para carregar ogivas atômicas.Funcionários europeus disseram que estão estudando a resposta iraniana e mantendo consultas com EUA, Rússia e China com relação aos próximos passos. Os EUA alguns de seus aliados acusam o Irã de desenvolver em segredo um programa nuclear bélico. O governo iraniano nega e assegura que suas usinas atômicas têm fins estritamente pacíficos de geração de energia elétrica. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), braço da Organização das Nações Unidas (ONU) responsável por acompanhar a obediência às regras do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP) por parte dos signatários do acordo, considera o programa nuclear civil do Irã dentro da legalidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.