Irã diz que filha de Bin Laden está em embaixada saudita

O governo do Irã afirmou que Eman bin Laden, filha do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, está na embaixada da Arábia Saudita em Teerã, mas afirmou não saber como a menina entrou no país. Um jornal saudita publicou ontem que Eman, de 17 anos, havia buscado refúgio na embaixada da Arábia Saudita após se livrar de guardas que a mantinham em prisão domiciliar há oito anos junto com mais uma irmã e outros quatro irmãos.

AE-AP, Agencia Estado

24 de dezembro de 2009 | 19h37

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, disse durante um programa de televisão hoje que o governo não tinha ideia de que ela estava no país até ser contatado pela embaixada saudita. Ele acrescentou que se as autoridades conseguirem confirmar a identidade de Eman, ela estará livre para deixar o Irã.

Acredita-se que o Irã tenha concedido refúgio a vários dos filhos de Osama Bin Laden desde que eles fugiram do Afeganistão, em 2001, devido à invasão das tropas dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãOsama Bin Ladenfilhaembaixada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.