Irã e Síria devem participar de negociação com Oriente Médio

A Rússia defendeu neste sábado a incorporação do Irã e da Síria ao processo de negociação para solucionar o conflito no Oriente Médio, porque considera que sem a participação dos dois países não haverá paz na região."Muitos países árabes defendem a incorporação das negociações a todos os atores influentes. Isto significa o envolvimento do Irã e da Síria na solução do conflito entre palestinos e israelenses e da crise libanesa", assegurou Serguei Lavrov, ministro de Assuntos Exteriores russo.O chanceler russo ressaltou que "Irã e Síria devem compreender que deles se espera uma influência positiva na situação no Oriente Médio, se receberem o lugar que lhes corresponde no diálogo regional"."Estamos profundamente convencidos de que o Irã e a Síria não devem ficar isolados", acrescentou Lavrov, citado pelas agências russas.Lavrov, que participará no próximo dia 4 da reunião do Quarteto de Madri (Rússia, Estados Unidos, União Européia e ONU), defendeu também o envolvimento do Egito, da Jordânia e da Arábia Saudita nas atividades do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.