Irã e Venezuela assinam 29 acordos de cooperação

A Venezuela e o Irã assinaram 29 acordos de cooperação no primeiro dia da visita do presidente iraniano, Mahmoud Ahmedinejad, à Venezuela, neste domingo.Os acordos incluem o estabelecimento de uma companhia conjunta para a exploração de petróleo, e de uma fábrica de automóveis em território venezuelano para produzir veículos acessíveis para consumidores de países em desenvolvimento.O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que a visita vai fortalecer a aliança estratégica entre os dois países.O líder iraniano foi recebido na capital venezuelana, Caracas, com plenas honras militares."Revolucionários"Chávez e Ahmadinejad emergem como líderes de uma frente de países em desenvolvimento em oposição ao domínio americano.Ao chegar a Caracas, Ahmadinejad saudou "todos os revolucionários que se opõem a hegemonia mundial"."A distância entre nossos países pode ser um pouco grande, mas os corações e pensamentos estão muito próximos", afirmou, destacando que ambas as nações têm "interesses comuns".Chávez, por sua vez, disse que Irã e Venezuela são "duas nações heróicas" com "duas revoluções que estão dando uma mão uma à outra", comparando seu movimento socialista à Revolução Islâmica de 1979 no Irã, de acordo com a agência de notícias Associated Press.O Irã apóia a candidatura da Venezuela para um assento no Conselho de Segurança das Nações Unidas.Ahmadinejad deverá buscar apoio na Assembléia-Geral das Nações Unidas nesta semana, em Nova York, para o programa nuclear iraniano que, ele insiste, tem fins pacíficos.Os Estados Unidos e outras potências ocidentais temem que o Irã deseje produzir armas nucleares.Na 14ª reunião de cúpula do Movimento dos Países Não-Alinhados em Cuba neste fim de semana, Chávez disse que vai defender a posição do Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.