Irã enviará navios para combater piratas somalis

O Irã enviará dois navios de combate para integrarem uma flotilha internacional que protege cargueiros da ação de piratas na costa da Somália, afirmou a televisão estatal iraniana hoje. Segundo o relato, o embaixador do Irã nas Nações Unidas, Mohammad Khazaei, assumiu o compromisso em uma carta ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon.

AE-AP, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 12h06

A informação foi divulgada no site da iraniana Press TV. Na mensagem enviada a Ban, Khazaei disse que as embarcações partirão do Golfo de Áden nos próximos dois dias, para um período de trabalho de cinco meses. Os navios se unirão a outros de Estados Unidos, Dinamarca, Itália, Rússia, China e outros países. Um cargueiro operado pelo Irã foi sequestrado por piratas na costa somali em novembro, no segundo caso do tipo enfrentado por Teerã em seis meses.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãpiratasSomália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.