Irã está disposto a discutir protocolo do TNP

Hamid Reza Asefi, porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Irã, disse nestasegunda-feira que Teerã poderia autorizar inspeções mais severas de suas instalações nucleares, mas apenas se a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) aliminar as causas depreocupação do Irã."Estamos cooperando com base no Tratado de Não-Proliferação (TNP) nuclear e, se formos discutir outra cláusula dentro desse tratado, deveríamos eliminar os elementos que nos preocupam", disseAsefi durante entrevista coletiva concedida em Teerã. A AIEA, os Estados Unidos e a União Européia querem que o Irã assine um protocolo adjunto ao TNP para admitir inspeções inesperadas em suas instalações nucleares.O Irã afirmou estar disposto a fazê-lo, mas quer acesso às mais avançadas tecnologias no campo nuclear, como lhe corresponde por ser signatário do TNP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.