Irã executa 5 traficantes de drogas por enforcamento

O governo do Irã autorizou nestas segunda-feira o enforcamento de cinco traficantes de drogas numa prisão da cidade de Shahroud, região central do país, informou a agência de notícias Fars, sem identificar os executados.

AE, Agência Estado

12 Setembro 2011 | 11h21

Com esses enforcamentos, sobe para 192 o número de execuções no Irã neste ano, segundo uma contagem feita pela agência France Presse baseada em relatos oficiais e dos meios de comunicação.

A mídia iraniana informou a realização de 179 enforcamentos no ano passado, mas grupos internacionais de direitos humanos disseram que a quantidade é muito maior, colocando a república islâmica em segundo lugar, atrás apenas da China, no número de pessoas executadas em 2010.

Teerã afirma que a pena de morte é essencial para manter a lei e a ordem e que ela é aplicada apenas após exaustivos procedimentos judiciais.

Assassinato, estupro, roubo armado, tráfico de drogas e adultério estão entre os crimes que podem ser punidos com a pena de morte no Irã. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Irã execução tráfico de drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.