Reuters
Reuters

Irã executa por enforcamento 11 traficantes de drogas

Condenados, não identificados, foram enviados à forca por tráfico de ópio, heroína e morfina

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2011 | 12h59

TEERÃ - O Irã enforcou nesta quinta-feira, 24, 11 traficantes de drogas em uma prisão na cidade de Shiraz, divulgou o site da emissora estatal IRIB. Os condenados, não identificados, foram enviados à forca por posse e tráfico de ópio, heroína e morfina, segundo o site, sem fornecer mais detalhes.

Os enforcamentos elevaram para 257 o número de execuções no Irã até agora neste ano, de acordo com uma contagem da AFP baseada em meio de comunicação e comunicados oficiais. A organização Human Rights Watch registrou 388 execuções no país em 2010.

A nação persa alega que a pena de morte é essencial para manter a lei e a ordem e que ela só é aplicada após exaustivos processos judiciais. Assassinato, estupro, assalto à mão armada, tráfico de drogas e adultério estão entre os crimes puníveis com a morte no Irã.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãexecuçãotráfico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.