Irã inicia três dias de manobras militares envolvendo mísseis

O Irã planeja realizar três dias de manobras militares, incluindo testes de mísseis de curto alcance, a partir deste domingo. Estes serão os primeiros exercícios militares do país desde que o Conselho de Segurança das Nações Unidas impôs sanções à república islâmica."A Guarda Revolucionária de elite planeja iniciar três dias de manobras com mísseis, perto da cidade de Garmsar", informou a televisão estatal. A cidade fica no norte do país, na beira do deserto de Kavir, cerca de 100 km a sudeste de Teerã. "Mísseis Zalzal e Fajr-5 serão testados nesta manobra de guerra", disse um comandante não-identificado da guarda, segundo citação da televisão. Ambos são considerados mísseis de curto alcance."A manobra tem por objetivo avaliar as capacidades defensivas e combativas dos mísseis", prossegue a citação.O Irã conduziu um total de três manobras militares de larga escala no ano passado, enquanto cresciam as tensões com os Estados Unidos. Em novembro, o país testou o disparo de dezenas de mísseis, incluindo o Shahab-3, que seria capaz de atingir Israel, em manobras que, segundo anunciado, tinham o objetivo de pôr fim à presença de potências estrangeiras no Golfo Pérsico.As manobras anunciadas agora têm início dias depois de os EUA terem anunciado o envio de um segundo porta-aviões ao Golfo, o USS Stennis. Isso parece ter alarmado algumas figuras da linha-dura iraniana. Texto atualizado às 13h20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.