Irã instala novas centrífugas para enriquecer urânio

O governo do Irã informou que está instalando centrífugas novas e mais eficientes com o objetivo de acelerar o enriquecimento de urânio no país. O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast, fez o anúncio hoje.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2011 | 10h02

A medida foi tomada apesar das rodadas de sanções impostas pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) por causa da recusa de Teerã em interromper o enriquecimento de urânio.

O Irã diz que precisa de urânio enriquecido apenas para usá-lo numa futura rede de reatores e para propósitos médicos. Nos últimos dois anos, o país começou a enriquecer urânio a um nível perto do grau usado para a produção de ogivas nucleares.

Vários países do Ocidente suspeitam que o objetivo do programa nuclear iraniano é a construção de armas atômicas, acusação negada por Teerã. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.