Irã já executou até 95 pessoas neste ano, diz ONU

O escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) disse estar "profundamente preocupado" com o alto número de execuções no Irã neste ano. Segundo o escritório, ao menos 80 pessoas foram executadas nas últimas sete semanas, sendo sete execuções públicas. A ONU citou "fontes confiáveis" para dizer que o número pode chegar a 95.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 02h17

A porta-voz Ravina Shamdasani afirmou que a maioria das execuções estão ligadas a questões relacionadas a drogas, algo que não está entre os "crimes mais sérios" nos quais as leis internacionais permitem a pena de morte.

Shamdasani disse que a ONU lamentou o fato de o governo reformistas, que tomou posse em agosto, não ter mudado a abordagem do Irã com relação à pena de morte.

No ano passado, de 500 a 625 pessoas foram executadas no Irã. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.