Irã lança destroier no Mar Cáspio pela primeira vez, diz TV estatal

Ahmadinejad afirmou que míssil 'está lá para encontrar quem quer prejudicar a segurança de nações vizinhas'

Agência Estado,

17 de março de 2013 | 17h09

O Irã realizou neste domingo, 17, o lançamento de um destroier construído domesticamente no mar Cáspio, o primeiro a colocado no mar da região rica em petróleo pelo país, informou a rede de TV estatal. A cerimônia de inauguração do destroier Jamaran-2 foi acompanhada pelo presidente Mahmoud Ahmadinejad na cidade portuária de Anzali, cerca de 250 quilômetros ao nordeste de Teerã.

Segundo Ahmadinejad, o lançamento ao mar do destroier tem a intenção de aumentar a paz e a amizade na região. "O destroier está lá para encontrar com aqueles que querem prejudicar a segurança das nações vizinhas", disse, sem dar detalhes.

Existem múltiplas disputas entre as nações banhadas pelo Cáspio - Irã, Rússia, Azerbaijão, Casaquistão e Turcomenistão - sobre como o mar deveria ser dividido. O Jamaran-2 deve se integrar à frota iraniana nos próximos meses. Com 94 metros de comprimento e pesando 1,4 mil toneladas, o Jamaran-2 está equipado com mísseis de superfície e superfície-aéreo e sofisticados terminais de comunicação e radares, além de heliporto.

O Irã lançou versões anteriores do Jamaran em 2010 no Golfo Pérsico. Desde 1992, o Irã busca sua autossuficiência militar, tendo produzido jatos, tanques, mísseis, torpedos e submarinos. O Irã e o Ocidente travam uma disputa há anos relacionada a um programa nuclear que os Estados Unidos e seus aliados desejam que seja interrompido. O Irã tem dito que o programa tem fins pacíficos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãMar Cáspiodestroier

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.