Irã liberta blogueiro acusado de espionagem

Hossein Derakhshan divulgou instruções para publicações de blogs e irritou governo iraniano

estadão.com.br

09 de dezembro de 2010 | 19h15

TEERÃ - A Campanha Internacional para os Direitos Humanos no Irã informou nesta quinta-feira, 9, que as autoridades iranianas liberaram em caráter temporário o blogueiro iraniano-canadense Hossein Derakhshan, segundo o jornal espanhol El País. A libertação dele ocorre no mesmo dia em que foi libertada a iraniana Sakineh Ashtiani, condenada à morte por adultério e por cumplicidade na morte do marido.

 

Veja também:

linkSakineh é libertada, diz ONG

 

Derakhshan, considerado o primeiro blogueiro da República Islâmica, foi condenado em setembro a 19 anos de prisão por espionar para Israel. Ele teria sido libertado na quarta-feira depois de a fiança de US$ 1,5 milhão ter sido paga. Derakhshan estava preso desde 2008.

 

Derakhshan era um jornalista em Teerã antes de se mudar para Toronto, em 2000. Ele ganhou fama depois de publicar instruções de como usar um software para publicar blogs em farsi, o idioma iraniano, o que desatou uma onde de blogs no país. Em 2006, ele havia visitado Israel, país para o qual o Irã proíbe visitas.

Tudo o que sabemos sobre:
SakinehIrãlibertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.