Irã libertou presos da Al-Qaeda, diz jornal

O Irã libertou chefes da Al-Qaeda que estavam presos no país para que reorganizem a rede de terror islâmico no Afeganistão e Paquistão. A informação foi revelada pelo jornal britânico The Times, citando funcionários não identificados do Paquistão e de países do Oriente Médio. As autoridades teriam afirmado que Teerã ajuda discretamente os militantes sunitas a atacar tropas e instalações da Otan. Entre os integrantes da Al-Qaeda soltos estaria o egípcio Saif al-Adel, que consta na lista dos mais terroristas procurados pelo FBI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.